Anderson Miyajima de Almeida
Anderson Miyajima de Almeida
Anderson Miyajima de Almeida

Anderson Miyajima de Almeida

Não sou ninguém importante, apenas um homem comum, com pensamentos comuns. Eu levo uma vida comum. Nenhum monumento dedicado a mim. Meu nome logo será esquecido