ANTI-ANSIEDADE

Alimentos que ajudam a aliviar a ansiedade
Alimentos anti-estresse combatem a depressão e a ansiedade

Alimentos anti-estresse combatem a depressão e a ansiedade

Diversos tipos de peixe, como é o caso do atum, do salmão e da sardinha, são responsáveis por tornar a vida dos ansiosos mais agradável. Isso acontece porque o alimento é rico em ácido graxo ômega 3, um tipo de gordura boa que pode reduzir em até 20% a sensação provocada pela ansiedade. Essa conclusão foi obtida após uma pesquisa realizada pela Ohio State University.

Diversos tipos de peixe, como é o caso do atum, do salmão e da sardinha, são responsáveis por tornar a vida dos ansiosos mais agradável. Isso acontece porque o alimento é rico em ácido graxo ômega 3, um tipo de gordura boa que pode reduzir em até 20% a sensação provocada pela ansiedade. Essa conclusão foi obtida após uma pesquisa realizada pela Ohio State University.

Carboidratos: Os carboidratos, provenientes dos cereais na sua forma simples e integrais, e das frutas mais adocicadas, também podem combater a indesejada ansiedade. "Eles elevam o nível de açúcar no sangue, dando energia, bem-estar e disposição", explica Rosana Farah. Pães, arroz, aveia, feijão, massas, batata, mel, jabuticaba, uvas, maçãs fazem parte deste grupo alimentar. A quantidade recomendada é de 6 a 9 porções diárias.

Carboidratos: Os carboidratos, provenientes dos cereais na sua forma simples e integrais, e das frutas mais adocicadas, também podem combater a indesejada ansiedade. "Eles elevam o nível de açúcar no sangue, dando energia, bem-estar e disposição", explica Rosana Farah. Pães, arroz, aveia, feijão, massas, batata, mel, jabuticaba, uvas, maçãs fazem parte deste grupo alimentar. A quantidade recomendada é de 6 a 9 porções diárias.

Leite, ovos e derivados magros: Eles são uma ótima fonte de um tipo de aminoácido, o triptofano, que alivia os sintomas de ansiedade. De acordo com a nutricionista Rosana Farah, uma vez no cérebro, o triptofano aumenta a produção de serotonina, o hormônio da felicidade, que é um neurotransmissor capaz de relaxar e dar sensação de bem-estar. A especialista recomenda o consumo de 2 a 3 porções por dia deste grupo de alimentos.

Leite, ovos e derivados magros: Eles são uma ótima fonte de um tipo de aminoácido, o triptofano, que alivia os sintomas de ansiedade. De acordo com a nutricionista Rosana Farah, uma vez no cérebro, o triptofano aumenta a produção de serotonina, o hormônio da felicidade, que é um neurotransmissor capaz de relaxar e dar sensação de bem-estar. A especialista recomenda o consumo de 2 a 3 porções por dia deste grupo de alimentos.

Em algum momento de ansiedade, você já deve ter saboreado um pedaço de chocolate e presenciado uma sensação de alívio. Essa reação do organismo tem fundamento científico, afinal, o doce favorece a produção de serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro estimulando a sensação de bem-estar, prazer e bom-humor.

Em algum momento de ansiedade, você já deve ter saboreado um pedaço de chocolate e presenciado uma sensação de alívio. Essa reação do organismo tem fundamento científico, afinal, o doce favorece a produção de serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro estimulando a sensação de bem-estar, prazer e bom-humor.

Muita gente não sabe, mas preparar uma saladinha de alface para o almoço é uma forma de minimizar os sintomas da ansiedade. A verdura tem ação calmante no organismo, graças ao alto teor de lactucina e folato.

Muita gente não sabe, mas preparar uma saladinha de alface para o almoço é uma forma de minimizar os sintomas da ansiedade. A verdura tem ação calmante no organismo, graças ao alto teor de lactucina e folato.

Estudos já comprovaram que a vitamina C, presente na laranja, no limão e outras em frutas cítricas, reduz a produção de cortisol no organismo. Esse hormônio é um dos principais responsáveis pela ansiedade e pelo estresse. Quando ele não é produzido intensamente, o indivíduo desfruta da sensação de bem-estar.

Estudos já comprovaram que a vitamina C, presente na laranja, no limão e outras em frutas cítricas, reduz a produção de cortisol no organismo. Esse hormônio é um dos principais responsáveis pela ansiedade e pelo estresse. Quando ele não é produzido intensamente, o indivíduo desfruta da sensação de bem-estar.

Pinterest
Search