Flávio Gabriel

Flávio Gabriel

Flávio Gabriel
More ideas from Flávio
As imagens tidas como impossíveis ou "psicodélicas" pelo professor de astronomia da USP Amaury Augusto Almeida são dos planetas gigantes Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Saturno é o menos denso deles, definido como planeta gigante gasoso. Apesar de ser o menos denso, tem quase 9 vezes o tamanho da Terra

What if the planets of our solar system replaced the moon in Earths sky? Here are six photos that show you what it would look

"O planeta vermelho é quase exatamente o dobro do tamanho da Lua, e a sua influência na Terra seria também muito maior, uma vez que ele tem uma massa quase 9 vezes maior que a da Lua. Seria fácil de ver a olho nu os detalhes na superfície do planeta, como as calotas polares - que são uma espessa camada de gelo seco (CO2) e hidratado - aumentarem e diminuírem durante as mudanças de estações. Marte, assim como a Terra, tem as quatro estações do ano. Poderia-se ver também a formação de ...

"O planeta vermelho é quase exatamente o dobro do tamanho da Lua, e a sua influência na Terra seria também muito maior, uma vez que ele tem uma massa quase 9 vezes maior que a da Lua. Seria fácil de ver a olho nu os detalhes na superfície do planeta, como as calotas polares - que são uma espessa camada de gelo seco (CO2) e hidratado - aumentarem e diminuírem durante as mudanças de estações. Marte, assim como a Terra, tem as quatro estações do ano. Poderia-se ver também a formação de ...

O professor de astronomia da USP Amaury Augusto Almeida explica que a distância média em relação à Terra de 384.400 km já foi bem menor no passado. Ele conta que a Lua se afasta numa taxa de 4 cm ao ano e, portanto, sua influência gravitacional sobre a Terra e marés está bem menor. A Lua tem órbita síncrona com a Terra (os movimentos de translação e rotação lunares possuem o mesmo tempo de duração), apresentando, portanto, sempre o  mesmo lado (hemisfério) voltado para a Terra. "O sistema…

O professor de astronomia da USP Amaury Augusto Almeida explica que a distância média em relação à Terra de 384.400 km já foi bem menor no passado. Ele conta que a Lua se afasta numa taxa de 4 cm ao ano e, portanto, sua influência gravitacional sobre a Terra e marés está bem menor. A Lua tem órbita síncrona com a Terra (os movimentos de translação e rotação lunares possuem o mesmo tempo de duração), apresentando, portanto, sempre o mesmo lado (hemisfério) voltado para a Terra. "O sistema…

"Assim, gasosos ou gelados, os planetas (além de terem dezenas de seus próprios satélites, muitos maiores que a própria Lua), não poderiam manter essas mesmas condições físicas e a própria existência em uma órbita tão próxima do Sol, na posição em que está a Terra. Então, esse cenário bizarro no céu seria praticamente um absurdo!", diz o professor de astronomia da USP Amaury Augusto Almeida

"Assim, gasosos ou gelados, os planetas (além de terem dezenas de seus próprios satélites, muitos maiores que a própria Lua), não poderiam manter essas mesmas condições físicas e a própria existência em uma órbita tão próxima do Sol, na posição em que está a Terra. Então, esse cenário bizarro no céu seria praticamente um absurdo!", diz o professor de astronomia da USP Amaury Augusto Almeida

Urano e Netuno têm praticamente o mesmo tamanho e são definidos como planetas "gigantes gelados". Na imagem, Netuno como apareceria no céu, se fosse possível esta aproximação. O planeta é quase 4 vezes maior do que a Terra

Urano e Netuno têm praticamente o mesmo tamanho e são definidos como planetas "gigantes gelados". Na imagem, Netuno como apareceria no céu, se fosse possível esta aproximação. O planeta é quase 4 vezes maior do que a Terra

Júpiter, o maior dos planetas, é outro dos "gigantes gasosos". Esta seria a proporção de seu tamanho, mas esta imagem nunca poderia acontecer. Júpiter é quase 11 vezes maior do que a Terra

Artist Ron Miller questions what if other planets replaced earth's moon? Miller's series presents a normal view of the moon in the night sky accompanied by

Vênus tem 3,5 vezes o tamanho da Lua e apareceria como um brilhante astro no céu, quase como o Sol. O planeta apareceria no nosso céu mais ou menos do mesmo tamanho que os astronautas viram a Terra da Lua - o planeta tem 80% o tamanho do nosso. "Seria um objeto incrivelmente brilhante, devido a reflexão da luz do Sol na sua espessa atmosfera de dióxido de carbono - que, além de tóxica, seria extremamente quente e pressurizada para os humanos -, muito mais brilhante do que a nossa Lua cheia"…

Vênus tem 3,5 vezes o tamanho da Lua e apareceria como um brilhante astro no céu, quase como o Sol. O planeta apareceria no nosso céu mais ou menos do mesmo tamanho que os astronautas viram a Terra da Lua - o planeta tem 80% o tamanho do nosso. "Seria um objeto incrivelmente brilhante, devido a reflexão da luz do Sol na sua espessa atmosfera de dióxido de carbono - que, além de tóxica, seria extremamente quente e pressurizada para os humanos -, muito mais brilhante do que a nossa Lua cheia"…

Se Marte estivesse a 384.400 km de distância da Terra, como está a Lua, seria mais ou menos assim que ela apareceria, já que o planeta vermelho tem praticamente o dobro do tamanho da Lua. Segundo o astrônomo da USP Amaury Augusto Almeida, esta imagem pode ser considerada "boa". Mas claro, é meramente ilustrativa e ignora os efeitos da proximidade na maré e gravidade. "Marte, certamente, é o único planeta  próximo da Terra (o mais próximo é Vênus), viável para uma provável exploração e ...

Se Marte estivesse a 384.400 km de distância da Terra, como está a Lua, seria mais ou menos assim que ela apareceria, já que o planeta vermelho tem praticamente o dobro do tamanho da Lua. Segundo o astrônomo da USP Amaury Augusto Almeida, esta imagem pode ser considerada "boa". Mas claro, é meramente ilustrativa e ignora os efeitos da proximidade na maré e gravidade. "Marte, certamente, é o único planeta próximo da Terra (o mais próximo é Vênus), viável para uma provável exploração e ...

A Lua é tão grande que poderia ser um planeta. Ela é maior que Plutão, que foi rebaixado para planeta anão, que tem 66% do tamanho de nosso satélite. A Lua tem um quarto do diâmetro da Terra. Por isso, o site io9 fez projeções que mostram como seria se alguns planetas de nosso Sistema Solar estivessem no lugar da Lua

A Lua é tão grande que poderia ser um planeta. Ela é maior que Plutão, que foi rebaixado para planeta anão, que tem 66% do tamanho de nosso satélite. A Lua tem um quarto do diâmetro da Terra. Por isso, o site io9 fez projeções que mostram como seria se alguns planetas de nosso Sistema Solar estivessem no lugar da Lua