Karen Andrade

Karen Andrade

Benditas coisas que eu não sei, os lugares onde não fui, os gostos que não provei, meus verdes ainda não maduros, os espaços que ainda procuro, os amores que eu