casa pequena Maua

10 Pins2 Followers
Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma, em Visconde de Mauá. Fotos publicadas na revista ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma, em Visconde de Mauá. Fotos publicadas na revista ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO

Os dois quartos ganharam passagens independentes para o deck, graças às portas-balcão que se abrem diretamente para essa área externa.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

Os dois quartos ganharam passagens independentes para o deck, graças às portas-balcão que se abrem diretamente para essa área externa.

O painel de correr de madeira de demolição (2 x 2,30 m) oferece a opção de integração entre cozinha e sala de jantar ou de total independência entre elas. O trilho, do mesmo material, dá origem a uma prateleira, suporte para a coleção de arte indígena do casal.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

O painel de correr de madeira de demolição (2 x 2,30 m) oferece a opção de integração entre cozinha e sala de jantar ou de total independência entre elas. O trilho, do mesmo material, dá origem a uma prateleira, suporte para a coleção de arte indígena do casal.

O desnível de quase 1 m entre sala e demais ambientes caiu pela metade. “Substituí o piso de lajota cerâmica por tábuas de sucupira. Para elevar o chão em 50 cm, criei um ‘colchão’ de entulho”, conta a arquiteta. O material veio da demolição da antiga varanda, incorporada à área social – operação que exigiu o reforço de dois pilares de madeira. Abriu-se, com os generosos caixilhos de madeira reaproveitada, a vista para a reserva forestal vizinha. As almofadas são da Interiores Confecções.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

O desnível de quase 1 m entre sala e demais ambientes caiu pela metade. “Substituí o piso de lajota cerâmica por tábuas de sucupira. Para elevar o chão em 50 cm, criei um ‘colchão’ de entulho”, conta a arquiteta. O material veio da demolição da antiga varanda, incorporada à área social – operação que exigiu o reforço de dois pilares de madeira. Abriu-se, com os generosos caixilhos de madeira reaproveitada, a vista para a reserva forestal vizinha. As almofadas são da Interiores Confecções.

Com paredes revestidas de tecnocimento (ns Brazil), a cozinha recebe luz natural através de várias aberturas de vidro, como a bandeira junto ao telhado, o rasgo atrás do fogão a lenha e os painéis na metade superior da porta. Piso de ladrilhos hidráulicos da Casa Franceza.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

Com paredes revestidas de tecnocimento (ns Brazil), a cozinha recebe luz natural através de várias aberturas de vidro, como a bandeira junto ao telhado, o rasgo atrás do fogão a lenha e os painéis na metade superior da porta. Piso de ladrilhos hidráulicos da Casa Franceza.

O deck corrigiu o desnível do terreno e rendeu mais um espaço privilegiado de contemplação.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

O deck corrigiu o desnível do terreno e rendeu mais um espaço privilegiado de contemplação.

Com a elevação do nível do piso na sala de estar, a lareira (Construfama) precisou ser completamente refeita. A moldura emprega pedras da região. “Muito do material é de Visconde de Mauá, quando não da própria construção antiga”, conta a arquiteta.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

Com a elevação do nível do piso na sala de estar, a lareira (Construfama) precisou ser completamente refeita. A moldura emprega pedras da região. “Muito do material é de Visconde de Mauá, quando não da própria construção antiga”, conta a arquiteta.

Antes pequena e escura, a cozinha de 9 m2 mais que quadruplicou de tamanho para dar lugar a uma arejada área gourmet. Área: 130m2 ; Ano do projeto: 2008; Conclusão da obra: 2012; Projeto: Bela Gebara/Gebara Conde Sinisgalli Arquitetos; Projeto luminotécnico: Foco Luz & Desenho

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

Antes pequena e escura, a cozinha de 9 m2 mais que quadruplicou de tamanho para dar lugar a uma arejada área gourmet. Área: 130m2 ; Ano do projeto: 2008; Conclusão da obra: 2012; Projeto: Bela Gebara/Gebara Conde Sinisgalli Arquitetos; Projeto luminotécnico: Foco Luz & Desenho

Soluções desta casa pequena. Ampliação: aproveitando uma parte nivelada do terreno antes reservada aos carros, aumentou-se a cozinha; Deck: em frente aos quartos, uma plataforma de madeira reciclada propicia mais um espaço de convivência; Aberturas: as janelas e portas envidraçadas dão a impressão de que o tamanho da construção dobrou.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

Soluções desta casa pequena. Ampliação: aproveitando uma parte nivelada do terreno antes reservada aos carros, aumentou-se a cozinha; Deck: em frente aos quartos, uma plataforma de madeira reciclada propicia mais um espaço de convivência; Aberturas: as janelas e portas envidraçadas dão a impressão de que o tamanho da construção dobrou.

Com paredes revestidas de Tecnocimento (ns Brazil), a cozinha recebe luz natural através de várias aberturas de vidro, como a bandeira junto ao telhado, o rasgo atrás do fogão a lenha e os painéis na metade superior da porta. Piso de ladrilhos hidráulicos da Casa Franceza.

Casinha de campo ganhou mais luz e aconchego com a reforma

Com paredes revestidas de Tecnocimento (ns Brazil), a cozinha recebe luz natural através de várias aberturas de vidro, como a bandeira junto ao telhado, o rasgo atrás do fogão a lenha e os painéis na metade superior da porta. Piso de ladrilhos hidráulicos da Casa Franceza.

Pinterest
Search