Explore Searching, Nice, and more!

À procura de um bom perfil Hoje se fala muito em perfil. Seja nas empresas, nas grandes corporações, nos meios políticos, na educação e na igreja. Busca-se o melhor perfil para determinadas situações da vida, do mundo ou dos negócios. Na igreja não é diferente. A busca por líderes que tenham um “bom” perfil é recorrente. O bom líder é aquele que tem “tal” perfil. O problema é saber quem define o “bom” perfil.

À procura de um bom perfil Hoje se fala muito em perfil. Seja nas empresas, nas grandes corporações, nos meios políticos, na educação e na igreja. Busca-se o melhor perfil para determinadas situações da vida, do mundo ou dos negócios. Na igreja não é diferente. A busca por líderes que tenham um “bom” perfil é recorrente. O bom líder é aquele que tem “tal” perfil. O problema é saber quem define o “bom” perfil.

Tenham o cuidado Na Bíblia a graça de Deus é incondicional, arbitrária, universal, indispensável e radical. A graça de Deus é incondicional como na Parábola do Filho Pródigo; é universal como a aliança em Gn 12.7 para a cura das nações; é radical quando ela atinge o cerne da alienação humana, quer os homens queiram quer não. Esta é a percepção que a comunidade cristã tem tido dificuldade de sustentar através da História. Os judeus levaram mil anos para perdê-la; os primeiros cristãos…

Tenham o cuidado Na Bíblia a graça de Deus é incondicional, arbitrária, universal, indispensável e radical. A graça de Deus é incondicional como na Parábola do Filho Pródigo; é universal como a aliança em Gn 12.7 para a cura das nações; é radical quando ela atinge o cerne da alienação humana, quer os homens queiram quer não. Esta é a percepção que a comunidade cristã tem tido dificuldade de sustentar através da História. Os judeus levaram mil anos para perdê-la; os primeiros cristãos…

O quadro de Jesus IComo vamos pintar o quadro de Jesus, o Cristo? Se eu tentasse o faria colorido. Mas não importa de que maneira pintamos o quadro dele, não importa se usamos lápis cera, tinta óleo ou grafite, como os grandes artistas de todos os séculos. Não importa se tentamos pintá-lo em sermões como os pastores têm feito domingo após domingo. Não importa se tentamos pintá-lo nas lições da Escola Dominical. Não importa se tentamos pintá-lo nas nossas orações,

O quadro de Jesus IComo vamos pintar o quadro de Jesus, o Cristo? Se eu tentasse o faria colorido. Mas não importa de que maneira pintamos o quadro dele, não importa se usamos lápis cera, tinta óleo ou grafite, como os grandes artistas de todos os séculos. Não importa se tentamos pintá-lo em sermões como os pastores têm feito domingo após domingo. Não importa se tentamos pintá-lo nas lições da Escola Dominical. Não importa se tentamos pintá-lo nas nossas orações,

Natal na Alemanha de 39 II  Maria e Jesus estão no centro de Natal, dando-lhe significado e santidade. Podemos pensar em algo maior do que honrar a maternidade? Nossos ancestrais chamam este feriado de "Noite de Santa Mãe", pois é a expressão de nossos sentimentos mais profundos. A cada ano, milhões de mães alemãs experimentam o milagre do nascimento. No Natal, honramos o amor, a maternidade, e a família.

Natal na Alemanha de 39 II Maria e Jesus estão no centro de Natal, dando-lhe significado e santidade. Podemos pensar em algo maior do que honrar a maternidade? Nossos ancestrais chamam este feriado de "Noite de Santa Mãe", pois é a expressão de nossos sentimentos mais profundos. A cada ano, milhões de mães alemãs experimentam o milagre do nascimento. No Natal, honramos o amor, a maternidade, e a família.

Schools, Goddesses, God, Colleges

Deixar o Cristo nascer II Vejo agora a casa em que Maria mora com José. É um lugar bem modesto: chão batido com poucos objetos. Ela está preparando uma refeição simples. Quando José entra e a abraça e beija, mas seu rosto mostra preocupação.

Deixar o Cristo nascer II Vejo agora a casa em que Maria mora com José. É um lugar bem modesto: chão batido com poucos objetos. Ela está preparando uma refeição simples. Quando José entra e a abraça e beija, mas seu rosto mostra preocupação.

Quem foi JUDAS? II Jesus, filho de Simão, como em Jo 6.71, conforme a maioria dos manuscritos, talvez erroneamente, apelidado de Iscariotes, nas listas dos apóstolos sempre colocado no último lugar (M t 10.4; Mc 3.19; Lc 6.16), acrescentando-se “que o traiu” (Mt e Mc) ou “o traidor” (Lc).

Quem foi JUDAS? II Jesus, filho de Simão, como em Jo 6.71, conforme a maioria dos manuscritos, talvez erroneamente, apelidado de Iscariotes, nas listas dos apóstolos sempre colocado no último lugar (M t 10.4; Mc 3.19; Lc 6.16), acrescentando-se “que o traiu” (Mt e Mc) ou “o traidor” (Lc).

Alguém tenta fechar a porta, mas ninguém seria capaz de conter a sua impetuosidade do vento. A investida empreendida pelo vento de Deus é um desafio aos poderes políticos, ali representado pelos romanos, e religiosos, por parte dos líderes judaicos, que estavam firmemente fincados, e a tudo que viesse perturbar aquela ordem seria de imediato aniquilado. O vento veio para derrubar essa relação e nivelar a todos debaixo de um poder que pretende estabelecer-se pela solidariedade, pela justiça e…

Alguém tenta fechar a porta, mas ninguém seria capaz de conter a sua impetuosidade do vento. A investida empreendida pelo vento de Deus é um desafio aos poderes políticos, ali representado pelos romanos, e religiosos, por parte dos líderes judaicos, que estavam firmemente fincados, e a tudo que viesse perturbar aquela ordem seria de imediato aniquilado. O vento veio para derrubar essa relação e nivelar a todos debaixo de um poder que pretende estabelecer-se pela solidariedade, pela justiça e…

Essa oração Deus não responde. II  De repente o nosso olhar de desdém e de superioridade não é mais aceitável. Quem entre nós está à altura de comparar a sua vida com a de Jesus Cristo? Absolutamente ninguém! Pois é exatamente esse autorreconhecimento que faz possível a oração ser aceita.

Essa oração Deus não responde. II De repente o nosso olhar de desdém e de superioridade não é mais aceitável. Quem entre nós está à altura de comparar a sua vida com a de Jesus Cristo? Absolutamente ninguém! Pois é exatamente esse autorreconhecimento que faz possível a oração ser aceita.

ebedmelech - Yahoo Image Search Results

1 Shephatiah son of Mattan, Gedaliah son of Pashhur, Jehukal son of Shelemiah, and Pashhur son of Malkijah heard what Jeremiah was telling .

Uma fé sem barganhas Este é um dos salmos mais conhecidos. Consagrado como a bênção do pastor, é usado frequentemente como importante peça litúrgica no ofício fúnebre. Muitos o memorizam ou o repetem em momentos de penumbra e de provação; de lutas e lutos. Confesso que é uma de minhas páginas bíblicas prediletas; vejo o salmo 23 como uma das obras mais belas do Saltério.

The Lord Is My Shepherd sheet music - sheet music by Scot Crandal: OCP. Shop the World's Largest Sheet Music Selection today at Sheet Music Plus.

A religião da Bíblia é materialista Anos atrás, fui convidado por bons amigos para palestrar a um grupo de espiritualistas, durante importante congresso de uma semana. Como todos os temas anteriores versavam sobre a vida espiritual ou sobre considerações esotéricas, achei que poderia oferecer àqueles irmãos, que muito prezo e respeito, uma perspectiva material ou materialista da vida religiosa, que se complementa, é certo, com o plano espiritual.

A religião da Bíblia é materialista Anos atrás, fui convidado por bons amigos para palestrar a um grupo de espiritualistas, durante importante congresso de uma semana. Como todos os temas anteriores versavam sobre a vida espiritual ou sobre considerações esotéricas, achei que poderia oferecer àqueles irmãos, que muito prezo e respeito, uma perspectiva material ou materialista da vida religiosa, que se complementa, é certo, com o plano espiritual.

Ainda que insistam em negar vários elementos da narrativa do Êxodo, esta continua sendo a mais fantástica história contada. Ela não tem um final feliz. Penso que a dureza da provação da escravidão se perpetuou no deserto. Ela não se encaixa nos padrões morais do evangelho. Ela tem um herói, que na nossa realidade seria o protótipo perfeito do anti-herói: um velho, fugitivo da lei, queixoso e gago. E não é que esse Moisés é o protagonista desta história? Logicamente que Deus não leva em conta…

Ainda que insistam em negar vários elementos da narrativa do Êxodo, esta continua sendo a mais fantástica história contada. Ela não tem um final feliz. Penso que a dureza da provação da escravidão se perpetuou no deserto. Ela não se encaixa nos padrões morais do evangelho. Ela tem um herói, que na nossa realidade seria o protótipo perfeito do anti-herói: um velho, fugitivo da lei, queixoso e gago. E não é que esse Moisés é o protagonista desta história? Logicamente que Deus não leva em conta…

Pinterest
Search